Trikonásana

23 06 2011

A idéia deste texto é explorar alguns aspectos do trikonasásana e apresentar algumas dicas para aprimorar a sua prática. O texto não invalida a presença de um professor de Yoga, pelo contrário, à orientação de alguém experiente e qualificado é sempre indispensável para a prática do Yoga. Se você tiver algum problema de coluna ou pressão alta, consulte um médico antes de iniciar a prática de ásanas. Prevenir é sempre o melhor remédio.

 

Grupo do ásana:

postura de flexão lateral da coluna

 

Execução:

Este grupo de ásana possui uma diversidade de variações, portanto a descrição abaixo será de uma das variações mais tradicionais.

1- Inicie em pé. Faça um afastamento de quatro a cincos palmos entre os pés e mantenha os pés paralelos;

2- gire o pé esquerdo para o lado esquerdo, os pés ficam como um relógio que aponta para nove horas;

3- inspire e eleve os braços na altura dos ombros, deixando-os bem na horizontal;

4- exale e flexione o tronco para a lateral esquerda. A mão esquerda fica inicialmente sobre o dorso do pé esquerdo, quando conseguir avançar um pouco mais apóie a mão no solo bem no lado interno do pé;

5- direcione o olhar para a mão ou dedão da mão que está elevada;

6- inspire retornando e compense seguindo todos os passos para o outro lado.

 

Alinhamento corporal

1- Caso a mão não chegue no dorso do pé ou no solo apóie na perna, mas evite apoiar sobre o joelho. Se apoiar sobre o joelho estará forçando e sobrecarregando patela. O que não é saudável para o joelho;

2-mantenha a palma da mão elevada voltada para frente;

3- se durante o ásana sentir desconforto no pescoço ou cervical, direcione o olhar para pé que está abaixo, isso alivia a região cervical. Observe bem para não girar excessivamente o pescoço, ele deve estar em rotação, mas não com rotação excessiva;

4- se tiveres alguma sensibilidade ou lesão no joelho, flexione a perna, isso não sobrecarrega as articulações do joelho. Isso vale também para retornar do trikonásana, se for necessário, flexione o joelho ao elevar o tronco;

5. mantenha ombros e braços bem na verticalidade, assim caixa torácica fica bem voltada para frente;

6- observe para não elevar calcanhares, laterais dos pés e os dedos dos pés do solo. Se isso acontecer realinhe as bases dos pés.

 

Benefícios:

Trikonásana tonifica nervos raquidianos (nervos que ligam a medula espinhal aos músculos esqueléticos do corpo humano), nervos espinais e gânglios nervosos, conferindo mais elasticidade à coluna vertebral pelo aumento da produção de líquido sinovial (líquido que fornece os nutrientes para as cartilagens e atua como lubrificante das articulações). Exerce grande ação através do massageamento de rins e estimula supra-renais. O trikonásana é uma excelente prática para eliminar a adiposidade na região lateral da cintura.

Melhora o funcionamento do sistema digestivo, aumenta apetite, previne prisão de ventre, estimula os movimentos peristálticos, alivia constipação e auxilia na evacuação. Fortalece musculatura pélvica e tonifica os órgãos reprodutores.

Eleva de auto confiança, auto estima, sensação de liberdade e capacidade de tomar decisões rápidas. No corpo energético a área de maior ativação é o plexo solar, o manipura chakra.

 

Bom trikonásana e até a próxima.

Daniel Nodari Mahadeva


Ações

Information

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: