ॐ Mayurāsana मयूरासन (postura do pavão)

6 07 2011

Coloca-se as mãos firmemente no solo e eleve o corpo no ar,

apoiando o ventre sobre os cotovelos; o corpo fica reto como um bastão.

Hatha Yoga Pradilika 1-30

 

Este ásana cura diversas doenças como o inchaço do abdômen e moléstias digestivas

e outras enfermidades abdominais; elimina as disfunções provocadas pelo

desequilíbrio entre vata, pitta e kapha; facilita as digestões pesadas e ajuda a digerir incluso o mais poderoso dos venenos (kalakuta)

Hatha Yoga Pradilika 1-31

Mayura significa  pavão e dentro da cultura do Hinduismo o pavao esá ligado a Krshna e Kartikeya. A aparência da postura se assemelha a um pavão, por isso nome o da postura

Grupo do āsana

Muscular

Execução

1- Sente-se sobre os calcanhares com os joelhos afastados;

2- posicione as mãos no chão com os dedos das mãos voltados na direção do corpo.

3- Flexione os cotovelos, incline o tronco e posicione os cotovelos na região abdominal, bem abaixo da linha das costelas;

4- Mantenha o tronco paralelo ao chão, pescoço bem alongado e direcione os ombros para cima, buscando expandir a musculatura da caixa torácica. O alongamento do pescoço confere mais equilíbrio e evita que o tronco incline para baixo, não precisa alongar excessivamente o pescoço;

5- no primeiro momento, eleve as pernas ainda flexionadas com as solas dos pés unidos. Tente elevar as pernas flexionadas até que os joelhos acompanhem o alinhamento do corpo, que já está paralelo ao solo (coxas e tronco paralelos ao chão). Mantenha a consciência nos músculos da região lombar para manter as pernas elevadas. Uma vez adquirido a estabilidade nesta variação, estenda as pernas, una os joelhos e mantenha o corpo inteiro paralelo ao solo, ficando suspensos apenas sobre mãos e cotovelos;

6- Para desfazer o mayurāsana faça exatamente o oposto, flexione as pernas, aproxime lentamente os joelhos do chão e depois sente-se novamente sobre os calcanhares. Cuide para não desfazer o āsana abruptamente para não bater com os joelhos no solo.

Podemos começar o mayurāsana de uma outra maneira:

1- Sente-se sobre os calcanhares com os joelhos unidos (vajrāsana);

2- Afastes os joelhos e posicione as mãos no solo com os dedos das mãos voltados na direção do corpo;

3- Flexione os cotovelos, incline o tronco e posicione o abdômen sobre os cotovelos flexionados. Cotovelos no abdômen bem abaixo da linha das costelas (você também pode colocar a testa no solo se sentir dificuldade de começar com a cabeça elevada);

4-estenda as pernas para trás, mantendo-as unidas e elevadas e apoiando apenas os dedos dos pés no solo (hamsāsana), estenda uma de cada vez;

5- eleve a cabeça caso tenho iniciado com a testa no solo e depois eleve as pernas;

6- para desfazer faça exatamente o oposto.

Não busque longas permanências no mayurāsana. Vá progressivamente dominando etapa por etapa, tenha total controle e conforto em cada variação. Primeiro domine bem a variação com as pernas flexionadas. Lembre-se que não deve haver esforço excessivo para permanecer no āsana, se o esforço muscular for maior que o controle respiratório é um indicativo que o āsana está deixando de ser um āsana e se tornando simplesmente um exercício físico. Observe bem isto.

O Hamsasāna é uma excelente técnica preparatória para o mayurāsana. Hamsasāna é quase igual ao mayurāsana, a diferença é que os dedos dos pés que permanecem tocando o solo, o resto é exatamente igual ao mayurāsana. Os apoios dos cotovelos, tronco paralelo ao solo, pescoço alongado e pernas estendidas são os mesmos.

Alinhamento corporal

1- Para posicionar as mãos no chão, visualize uma linha imagina entre os joelhos e coloque a ponta dos dedos das mãos nesta linha entre os joelhos. Voltando os dedos para em direção das pernas;

2- Mantenha a atenção em toda a extensão da coluna;

3-Muitas pessoas têm dificuldade em executar o mayurāsana por não terem a região dos pulsos e punhos bem alongados.

4- convém alongar bem os punhos após a prática do mayurāsana, mesmo para quem já domina a postura e não tem nenhum problema em punhos e pulsos.

Prefixos e variações:

-Ardha mayurāsana: as pernas flexionadas;

-Ūrdhva mayurāsana: com as pernas bem elevadas;

-Utthita mayurāsana: apoiado pela ponta dos dedos das mãos;

-Padma mayurāsana: com as pernas em padmāsana;

-Ekāhasta mayurāsana: com o apoio em apenas em um dos cotovelos.

Kriyā

-Nasagrā drishti – fixação ocular na ponta do nariz ou

-Bhrūmadhya drishti – fixação na região do intercílio, no ājña chakra.

Prānāyāma

Para fazer a elevação do corpo e pernas associe uma forte inspiração (pūraka) no início do āsana. Para finalizar o āsana, exale (rechaka) e desfaça. Quem está iniciando a prática do mayurāsana pode utilizar o tempo de um kūmbhaka de permanencia no āsana. Praticantes mais experientes e com grande vivências em āsanas podem fazer respirações lentas e produndas, utilizando a musculatura das regiões intercostais e peitoral. Respiração média e alta (madhyama e uttama).

Anna Māyā Kosha (corpo físico)

Devido a pressão exercida na região abdominal o mayurāsana exerce uma excelente ação benéfica nos órgãos abdominais. Estimula a eliminação de toxinas do sangue. Diminui significativamente transtornos do aparelho digestivo, elimina prisão de ventre, constipação e “produz excelentes resultados no processo da digestão. Cura a dispepsia e a insuficiência hepática.”[1]

Pela pressão exercida na região abdominal, a ação sanguínea tonifica estômago, fígado, rins e pâncreas. Reduz a dilatação do baço e fígado. Harmoniza o funcionamento das glândulas do sistema endócrino. Fortalecimento dos músculos abdominais, lombares, dos braços, mãos e dedos das mãos, quem não possui um bom alongamento nos punhos sente um pouco de dificuldade para executar o mayurāsana.

Ao longo da coluna vertebral, tonifica músculos psoas maior e menor, músculos pélvicos e extensores da coluna, em especial na região lombar para manter a elevação das pernas. Em pernas tonifica músculos dos glúteos (máximo e médio), isquiotibial e adutor magno. Em braços trabalha intensamente tríceps, deltóides e músculos peitorais.

Para quiser avançar nos processos de desintoxicação do corpo devem aperfeiçoar a prática do mayurāsana, observando neste processo uma alimentação vegetariana, prática de prānāyāmas e meditação.

Mayurāsana aumenta os batimentos cardíacos, eleva a temperatura do corpo e acelera a circulação sanguínea em todo o organismo fazendo assim o processo de purificação do corpo. Por este motivo não faça a prática do mayurāsana antes de āsanas de inversão, tais como sirshāsana, halāsana e sarvāngasana.  A elevação da circulação sanguínea pode direcionar as toxinas para o cérebro, invertendo assim todo o processo de purificação que o mayurāsana visa promover.

É contra indicado para pessoas que sofrem de problemas cardíacos, pressão alta e hérnia de disco. Grávidas devem suspender a prática durante a gestação.

Kama Māyā Kosha (corpo emocional)

Āsanas musculares exercem no psiquismo uma elevação de auto-estima e força de personalidade. O equilíbrio físico produz um equilíbrio mental enquanto a força física representa acréscimo de força de vontade e determinação.

Prāna Māyā Kosha (corpo energético)

Estimula com grande intensidade os chakras inferiores. Mūlādhāra chakra (base da coluna), swādhisthāna chakra (acima do períneo, raiz dos órgãos sexuais), manipura chakra (forte ativação do plexo solar) e anāhata chakra (plexo cardíaco). O ar vital estimulado é samāna vāyu.

Sempre agradeço aos ensinamentos que venho recebendo do legado deixado pelos Mestres Sri Swami Śivananda e Swami Vishudevananda.

Om Bolo Sat Guru Sivananda Maharaj ki! Jai!

Om Bolo Swami Vishnu Devananda Maharaj ki! Jai!

Om namah Shivaya – Daniel Nodari Mahadeva

[1] SIVANANDA, Swami. Yoga: libertação do asmático. Pág 89.


Ações

Information

One response

6 07 2011
Mayurāsana मयूरासन (postura do pavão) « Ganesha Studio

[…] Mayurāsana मयूरासन (postura do pavão) […]

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: