Navasana (postura do barco)

30 07 2011

A idéia deste texto é explorar alguns aspectos do navásana, postura muscular sentado. Com objetividade, serão abordadas algumas dicas para aprimorar a prática do navásana. Este texto não invalida a presença de um professor de Yoga, pelo contrário, é sempre indispensável alguém que dê orientação no Yoga. Se você tiver algum problema cardíaco, de coluna ou pressão alta, consulte um médico antes de iniciar a prática de ásanas. Prevenir é sempre o melhor remédio. Náva significa barco, portanto návásana é a postura onde o corpo assume a forma de um barco, visto de frente.

Execução

1- sente-se com as pernas unidas e estendidas. Coloque as mãos no solo um pouco a frente dos quadris com os dedos voltados para os pés.

2- flexione as pernas e depois eleve os pés do solo, assim as pernas ficam estendidas em um ângulo de 45 graus. Se você quiser fazer uma variação mais avançada eleve as pernas sem flexionar os joelhos, as pernas sobem unidas e estendidas a partir do solo.

3- eleve os braços do solo. Estenda firmemente os braços deixando-os ao lado das pernas e paralelos ao solo. As mãos ficam nas linhas dos ombros. Se for muito difícil elevar os braços, mantenha as palmas das mãos ou a ponta dos dedos das mãos em contato com o solo.

Alinhamento corporal

1- ao se sentar com as pernas estendidas alinhe bem a coluna vertebral, sinta o alinhamento desde a base da coluna ao topo da cabeça. Observe a coluna para não curvá-la.

2- ao elevar as pernas mantenha a musculatura pélvica e abdominal bem contraída. Se não for possível manter as pernas estendidas por muito tempo, permaneça pouco tempo e desfaça a postura. Gradualmente aumente o tempo de permanência.

Ao longo da postura você pode fazer o padayoragrai drishti: fixação ocular nos dedos dos pés, tonificando nervos e músculos óticos, além de aumentar a concentração. Busque respirar normalmente ao longo do ásana, respirando sem esforço, lento, profundo e completo. A força muscular associada a uma respiração profunda e completa auxilia na eliminação de toxinas, purificando o corpo e ampliando a oxigenação em todo o organismo.

Beneficios

Fortalece intensamente os músculos abdominais, sendo assim é benéfico para os casos de dores na região lombar. Estando os músculos da região do abdômen fortalecidos, a sobrecarga na região lombar é reduzida ou mesmo eliminada.  Tonifica os músculos das coxas (quadríceps femoral), flexores de quadris (músculos que aproximam a parte frontal da coxa com o tronco), piriforme (músculo da região glútea), oblíquos internos e externos no abdômen, articulações dos joelhos, e coluna vertebral.  Regulariza disfunções digestivas. Estimula rins, tireóides, glândulas e órgãos sexuais e próstata.

Contra indicado em casos de lesões crônicas na lombar, gravidez, diarréia, pressão alta não controlada, problemas cardíacos e cirurgias recentes na região abdominal. Devido à compressão dos músculos do abdômen algumas mulheres podem sentir desconforto durante o período menstrual, na dúvida: evite.

Na área mental aumenta foco e concentração.

Boa prática –  Om shanti – Daniel Nodari Mahadeva


Ações

Information

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: