Matsyāsana मत्स्यासन (postura do peixe)

2 08 2011

A idéia deste texto é explorar alguns aspectos do matsyāsana, um āsana de flexão da coluna para trás e deitado de costas para solo. Com bastante objetividade, serão abordadas algumas dicas para aprimorar a prática do matsyāsana. Este texto não invalida a presença de um professor de Yoga, pelo contrário, é sempre indispensável alguém que dê orientação no Yoga. Se você tiver algum problema cardíaco, de coluna ou pressão alta, consulte um médico antes de iniciar a prática de Yogāsanas. Prevenir é sempre o melhor remédio.

Execução:

A variação mais tradicional deste āsana é feita com as pernas em padmāsana, mas quem ainda não domina padmāsana pode executar com as pernas estendidas: ardha matsyāsana.

Ardha Matsyāsana:

– Deite-se em decúbito dorsal;

– eleve um pouco o quadril, o suficiente para colocar as mãos com as palmas voltadas para baixo sobre os glúteos;

– inspire elevando o peito e utilizando os cotovelos para elevar a caixa torácica. Após elevar o tronco apóie sutilmente o topo da cabeça no solo;

– quando inspirar para elevar o tronco, sinta como se o osso externo estivesse puxando o seu tronco para cima;

– os apoios para manter o tronco elevado são os cotovelos e músculos dos ombros, não deixando o peso recair sobre o pescoço e cervical;

– para desfazer, inspire elevando a cabeça e depois exale solte as costas no solo.

Matsyāsana:

– Sente com as pernas estendidas a frente e posicione-seem padmāsana. Flexionea perna direita e coloque o pé direito sobre a coxa esquerda. Depois flexione a perna esquerda e coloque o pé esquerdo sobre a coxa direita, colocando os calcanhares próximos a parte baixa do abdômen;

– deite-se em decúbito dorsal com as pernas em padmāsana com as mãos no solo ao lado do quadril;

– apóie os cotovelos no solo, eleve tronco, alongue o pescoço e projete bem a cabeça para trás, até apoiar o topo da cabeça no solo.

– com os dedos indicadores das mãos, segure os dedos maiores dos pés opostos.

– flexione os cotovelos, buscando aproxima-los do solo, este é o matsyāsana.

– para desfazer, eleve a cabeça, solte as mãos dos pés, solte as costas no solo e desfaça o padmāsana, deitando em shavāsana.

Segundo Swami Sivananda “a prática desta postura deve ser feita imediatamente após o sarvangasāna.” (Kundalini Yoga. 8ª ed. Editora Kier, 1982. p.119). Sendo assim execute o matsyāsana logo após as invertidas sobre ombros (sarvangāsana e halāsana).

Para iniciar o āsana inspire profundo elevando o tronco até apoiar sutilmente o topo da cabeça no solo. Para permanecer faça respirações profundas e completas, ou seja, durante toda a respiração movimente os músculos abdominais, intercostais e da parte alta do peito. Mantenha a respiração completa, consciente e sem esforço durante a permanência.

Benefícios:

Matsyāsana exerce grande estímulo nas glândulas tireóide e para-tireóide, glândulas que auxiliam na regulagem do metabolismo. Com a cabeça bem projetada trás e para baixo acontece uma maior irrigação sanguínea na região do pescoço, isso que estimulará o melhor funcionamento dessas glândulas. Cérebro, glândulas pituitária e pineal são altamente beneficiadas devido à intensa irrigação sanguínea. Nervos cervicais também são estimulados pela elevação do tronco.

O alongamento na região do tórax descongestiona as regiões do pescoço e pulmões, facilitando prānāyāmas. Bronquite crônica, amidalites, adenóide, asma e males da garganta são amenizados e em alguns casos curados pela prática deste āsana. Confere excelente alongamento dos músculos intercostais que ampliará enormemente a sua capacidade respiratória. A respiração pode e deve ser profunda e sem esforço, visto que laringe a traquéia estão completamente livres.

Órgãos abdominais e pélvicos são estimulados pelo alongamento na região abdominal, removendo constipação e regulando o funcionamento intestinal. Para a região pélvica também auxilia na remoção de desordens dos órgãos reprodutivos. Elimina tensões e rigidez nos músculos da região dos ombros, cervical e lombar.

Pessoas com sofrem com doenças cardíacas, úlcera péptica, hérnia de disco e problemas sérios de coluna devem ficar mais atentas para a execução do matsyāsana, dependendo do caso evitando a prática destes āsana. Na dúvida consulte um médico e um professor de Yoga qualificado para liberação neste āsana.

bom matsyasana – Om Namah Shivaya – Daniel Nodari Mahadeva


Ações

Information

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: