ॐ Bases físicas para meditação

31 07 2012

A meditação (dhyana) é uma prática que exige inicialmente uma boa postura ou asana estável. Se o corpo não consegue permanecer estável, a mente perde o foco pois o corpo instável distrai a mente. Se ao longo da prática da meditação os joelhos ou as costas começarem a doer, a mente acaba se focando nessas partes que estão sentido o desconforto. Essa dor é um alerta para ajustarmos a postura e eliminarmos o desconforto, é uma necessidade que produzirá o conforto físico, porém a mente já saiu do foco da meditação.

Por isso a prática de asana (posturas) é uma preparação para a meditação. Deveríamos colocar essa intenção ao fazer as posturas, pois os asanas realmente preparam o corpo para a prática da meditação. Conquistamos maior alongamento, flexibilidade, maios força e definição muscular e saúde em geral, mas por trás disso devemos ter em mente em as posturas nos preparam para sentar e meditar. Este é o sentido definido por Patanjali e exposto no Yoga Sutra, conhecido como Ashtanga Yoga, ou Yoga das oito partes. Asana vem logo no início e é o suporte para Samyama (concentração, meditação e iluminação).

Por isso é bom observarmos alguns pontos de ajuste da postura quando formos sentar para fazer a meditação. Apenas sentado confortavelmente é que podemos permanecer o maior tempo possível na vivencia de meditação. Isso vale para qualquer postura, desde a postura fácil (sukhasana) até a postura de lótus (padmasana).

Ponto para a meditação:

1-Posição das pernas cruzadas: escolha uma posição confortável de acordo com a sua flexibilidade, não pense que apenas por sentar em padmasana você terá uma boa meditação, a meditação é uma prática mental e o fato de fazer uma cruzada de pernas mais avançada não o tornará um meditador melhor.

2-posição das mãos (mudras): Chin Mudra (una polegar e indicar, o mesmo gesto usado para pranayamas) ou Shiva ou Bhairava Mudra (repouse a dorso da mão direita sobre a palma da mão esquerda)

3-coluna alinhada: sente-se numa almofada para a prática da meditação assim, você relaxa mais as articulações dos joelhos e os músculos lombares. Observe ombros, não deixando eles caírem para frente.

4-cabeça alinhada com a coluna: mantenha livre de tensão as regiões da nuca e cervical.

5-relaxe os músculos faciais: mantenha livre de tensão as pálpebras, intercilios e principalmente os maxilares.

Com esses pontos a postura se torna mais confortável por mais tempo e isso viabiliza uma maior permanência na meditação.

Foto referente ao item 2

Boa meditação, Om Shanti (paz)

Texto de Daniel Nodari Mahādeva – yogashamkara@gmail.com – (51) 9186.1617
YOGA EM CACHOEIRINHA / RS  https://yogashamkara.wordpress.com/

Ações

Information

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: